Comitê Ecos de Pernambuco discute gestão dos Recursos Hídricos

por Luciano Luiz dos Santos publicado 16/06/2015 09h26, última modificação 16/06/2015 09h26

“A gestão Sustentável dos recursos Hídricos" foi o tema do primeiro seminário realizado na última quarta-feira,10, pelo Comitê Ecos de Pernambuco. O comitê foi criado com o objetivo de estimular e desenvolver ações socioambientais no Estado e é formado por representantes de cinco instituições: Tribunal de Contas de Pernambuco, Tribunal Regional Eleitoral, Tribunal de Justiça, Tribunal Regional do Trabalho e Universidade Federal Rural de Pernambuco.

O TCE foi representado no evento pelas servidoras Andrea Gouveia, Ana Cecília Câmara e Vilma Mendonça, da Coordenadoria de Administração Geral (CAD), Luciana Coutinho e Vanúbia Pereira, do Departamento de Gestão de Pessoas (DGP), e Teresa Didier, do Departamento de Administração e Infraestrutura (DAI) e integrantes da comissão de Sustentabilidade do TCE.

Mudança de hábitos - Os debates foram iniciados com uma palestra do professor da Universidade Federal de Pernambuco, Ricardo Braga, que falou sobre a relação do homem com os recursos hídricos. Ele ressaltou a importância da participação social no enfrentamento da crise de falta d'água, e chamou a atenção do público para a mudança de hábitos rotineiros e o uso consciente da água em casa e no trabalho.

O professor da Universidade Federal Rural de Pernambuco, Ênio França e Silva, falou sobre “Tecnologias para o uso eficiente da água”, elencando experiências bem sucedidas na economia de água, sobretudo na industria agrônoma e automotiva. 

A programação de palestras se encerrou com a participação do gerente de Desenvolvimento Socioambiental do Grupo JCPM, Sérgio Maffioletti, que mostrou ao público experiências exitosas onde trabalha, a exemplo do reaproveitamento da água da chuva no sistema de refrigeração e da água usada para lavar as mãos nas descargas dos banheiros.

Durante o encontro, os participantes do Comitê elaboraram planos de ações no campo de pesquisa, educação e gestão interna. Entre as propostas apresentadas estão, a realização de um diagnóstico sobre gestão de recursos hídricos e estudos sobre tecnologias para aumentar a eficiência do uso da água; treinamento para técnicos responsáveis pelos projetos de infraestrutura dos Tribunais; uso de sensores em torneiras, reaproveitamento da água da chuva, instalação de hidrômetros locais, uso de descargas com duplo acionamento, além de campanhas de divulgação dos resultados obtidos pelas ações do Comitê.

De acordo com a servidora Andrea Gouveia, integrante da comissão de Sustentabilidade do TCE, a oficina foi uma boa oportunidade para troca de experiências. "Pudemos discutir com servidores de diversas áreas de atuação, propostas e soluções viáveis para o uso eficiente da água", disse ela.

Gerência de Jornalismo (GEJO), 12/06/2015


Fonte: TCE-PE

http://www.tce.pe.gov.br/internet/index.php/noticias-2015/343-junho/3575-comite-ecos-de-pernambuco-discute-gestao-dos-recursos-hidricos

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.